quinta-feira, 20 de outubro de 2011

***Ele Cumprirá***

"Há tanto tempo eu clamo ao Senhor
Pra que Ele ouça minha oração
E eu não sei o instante,
Não sei o momento em que Ele realizará...
Mas isso não importa
Porque já me provou que é fiel
Por isso nesta hora eu vou declarar
Que a Promessa Ele cumprirá...
Batei e se abrirá
Buscai e achareis
Pedi e Ele concederá
Pois o Senhor só quer o nosso bem!"


domingo, 2 de outubro de 2011

***Um Ano***

"Nossa,como tudo está passando tão rápido,nem parece que hoje (01/10),tá fazendo um ano que a gente ficou sabendo o resultado da segunda mamografia da minha mãe,parecia que um buraco havia sido aberto naquele consultório médico,só sei que na hora a minha mãe paralisou,a médica falava que ela tinha que fazer a cirurgia o mais rápido possível e a minha mãe sem ação,tive que tomar as rédeas da situação,a médica marcou a cirurgia para o dia 20 de outubro.Só Deus sabe o quanto eu estava assustada com aquela situação,nunca havia visto a minha mãe tão frágil,a minha mãe não estava chorando,mas eu sabia o quanto ela estava despedaçada por dentro,a minha mãe nunca foi uma pessoa fraca,já passou por tantas coisas na vida e sempre teve que cuidar de outras pessoas,então ela nunca soube lidar com os momentos de fraquezas dela.Ela sempre colocou outras pessoas na frente dela...Quando ela perdeu a mãe aos doze anos,ela colocou os três irmãos menores na frente,depois quando eu nasci foi a vez de me colocar na frente dos sentimentos dela,só para você ter uma ideia,a minha mãe nunca comprava uma bolacha recheada pra ela,ela nunca tomava os meus iogurte,falava que eram só meus...
Quando veio a doença,ela viu que ela era um ser humano como qualquer outro que precisa de colo,eu que sempre pedia colo para a minha mãe,aprendi que naquele momento quem estava precisando de ajuda era ela,e como Deus me sustentou para que eu pudesse ser sustento na vida da minha mãe,só Ele sabe o quanto foi dificil eu esconder os meus medos,nunca havia lidado com a morte tão de perto,nesse período de exames da minha mãe,três pessoas próximas haviam perdido a mãe por causa do câncer,então pra minha cabeça era muito dificil,a pessoa que eu mais amava estava doente,a minha amiga,mãe,o meu tudo estava doente,era como se eu sentisse a morte fungando no meu pescoço...
Já se passou um ano,tantas coisas mudaram,não só fisicamente,como o fato da minha mãe está sem cabelo,ter tirado uma parte da mama e ter emagrecido,mas principalmente dentro da gente,se nós duas já éramos amigas,isso se multiplicou,não tem nem como denominar a nossa relação,eu costumo falar que se realmente existe alma gêmea,a minha não é um homem é a minha mãe,a gente se entende por um olhar,como eu amo essa mulher...
Agora,ela é uma pessoa que se agrada mais,compra bolacha recheada pra ela,compra iogurte,vai no mcDonald's,eu brinco com ela falando que eu criei um monstro...rsrsrsrsrsrsrsrsrs Mas é muito bom ver a minha mãe se valorizando,ver o quanto ela está feliz de ver o cabelo crescendo,são pequenas coisas que no nosso dia-a-dia,a gente acaba achando tão bobas,mas quando você passa por uma escuridão qualquer luz se torna uma bênção...
Neste um ano,foram muitas as provas que eu passei com ela,mas também tiveram muitos milagres,eu só tenho que agradecer muito a Deus,só com Ele que eu conseguiria passar por tudo que eu passei,sei que a guerra não terminou,mas já vencemos uma batalha e com Cristo somos mais que vencedoras!!!"
'Mas,em todas essas coisas,somos mais que vencedores pela virtude dAquele que nos amou.'(Romanos 8,37)

"Essa é minha guerreira,meu anjo chamado Milagre!!!"
"Os que semeiam entre lágrimas,recolherão com alegria.Na ida,caminham chorando,os que levam a semente a espargir.Na volta,virão com alegria,quando trouxerem os seus feixes."(Salmo 125,5-6)

terça-feira, 20 de setembro de 2011

***Boas Notícias***

"Desde o dia 28 de julho,eu não escrevo estava um pouco sumida,mas estou de volta e graças a Deus com boas notícias...No dia 29 de julho,a minha mãe fez a última sessão de quimio,então tivemos que refazer alguns exames e com o término os médicos teriam que decidir a outra etapa do tratamento,que seria fazer outra cirurgia para que fosse realizada a masectomia,ou a radioterapia ou os dois...O oncologista do ICESP no dia 30 de agosto,achou que na opinião dele não seria necessário fazer nenhum dos dois,que somente o remédio Letrozol e o acompanhamento por exames bastaria por enquanto,como vocês sabem,eu não confio muito nele,fiquei preocupada,mas não poderia fazer nada,teria que confiar...Mesmo assim ele encaminhou a minha mãe para o médico de radiologia,e no dia 13 de agosto ela falou a mesma coisa,explicando que como a minha mãe não teve nenhuma complicação por conta da cirurgia e a quimio tinha sido super eficiente,por enquanto ficaria recomendado o que o oncologista havia indicado.Não me tranquilizou,mas no dia 16 de agosto,veio a resposta definita e que me tranquilizaria,a palavra da oncologista do AME,doutora Adriana,ela falou que estava tudo bem no que o doutor Marcelo havia falado e que por enquanto pode ser dizer que o nosso time está ganhando e se apegar com Deus que tudo dará certo,mas se por acaso acontecer algum previsto temos outras opções de tratamento para a minha mãe,que não precisava ficarmos preocupadas...Agora retorno com o doutor Marcelo no dia 20 de outubro,para ver os resultados de alguns exames,daqui a pouco começa o meu nervosismo tudo de novo,só Deus pra me aguentar...rsrsrsrsrsrs Mas até lá vou curtir um pouquinho a minha felicidade e gratidão a Deus,tenho escutado muito uma música,por incrível que pareça não é uma música gospel,é uma música da Katy Perry se chama Firework,já gostava do ritmo,mas amei depois que eu vi a tradução e eu acho que a letra fala um pouco do que eu estou sentindo neste momento...Fiquem com Deus,bjs."





quinta-feira, 28 de julho de 2011

Ufa!!!

"Quero te louvar Senhor,porque essa semana recebi uma notícia maravilhosa.No dia 15 de junho,a minha mãe teve que fazer uma tomografia da bacia,porque na cintilografia óssea,havia acusado algo diferente na bacia.Claro,que fiquei muito preocupada,o meu coração super angustiado,mas tentei entregar tudo nas mãos de Deus.
No dia 05 de julho,ela teve consulta com o oncologista e saberíamos o resultado da tomografia,não sei o que acontece comigo,mas o Doutor Marcelo é o único médico que cuida da minha mãe,que me assusta tanto,fico nervosa uma semana antes,não tem oração que dê jeito,ainda mais quando tem resultado de exame envolvido...Mas,no dia da consulta o laudo não estava pronto,então teríamos que esperar pela próxima consulta,e essa consulta ficou marcada para o dia 26 de julho,mais quinze dias de angústia e de ansiedade,mas entregando tudo aos pés da Cruz de Cristo.É uma situação super dificil,não tenho ninguém pra desabafar os meus medos,a única pessoa que eu tenho é a minha mãe,não vou desabafar com a única pessoa que está sofrendo muito mais do que eu com a situação.Então,chegou o dia da consulta,lia a Bíblia,orava,mas nada me acalmava,quando entramos no consultório,parecia que eu estava com o mundo nas minhas costas,quando o médico abriu a boca para falar que precisava ver o resultado da tomografia,parecia que eu ia desmaiar,mas aguentei firme,quando ele falou que o que ela tinha não era câncer,eu falei,Amém!Ele continuou falando que o que ela tinha era decorrência da idade,ainda respondi que isso era o de menos...Acho,que nem ele acreditava no resultado do exame,ele ficou uns cinco minutos olhando para a tela do computador...
Sai daquele consultório super aliviada e tentando confiar mais em Deus..."

terça-feira, 26 de julho de 2011

***Confiança***



"Tu,que habitas sob a proteção do Altíssimo,
que moras à sombra do Onipotente,
dize ao Senhor:'Sois meu refúgio e minha cidadela,
meu Deus,em que eu confio.'
É Ele que te livrará do laço caçador,
e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com suas plumas;
sob suas asas encontrarás refúgio.
Sua fidelidade te será um escudo de proteção.
Tu não temerás os terrores noturnos,
nem a flecha que voa à luz do dia,
nem a peste que se propaga nas trevas,
nem o mal que grassa ao meio-dia.
Caiam mil homens à tua esquerda e dez mil à tua direita:
tu não serás atingido.
Porém,verás com teus próprios olhos,
contemplarás o castigo dos pecadores,
porque o Senhor é teu refúgio.
Escolheste,por asilo,o Altíssimo.
Nenhum mal te atingirá,
nenhum flagelo chegará à tua tenda,
porque aos seus anjos ele mandou
que te guardem em todos os seus caminhos.
Eles te sustetarão em suas mãos,
para que não tropeces em alguma pedra.
Sobre serpente e víbora andarás,
calcarás aos pés o leão e o dragão.
'Pois que se uniu a mim,eu o livrarei;
e o protegerei,pois conhece o meu nome.
Quando me invocar,eu o atenderei;
na tribulação estarei com ele.
Hei de livrá-lo e o cobrirei de glória.
Será favorecido de longos dias,
e mostra-le-ei a minha Salvação.'"

(Salmo 90)

sexta-feira, 24 de junho de 2011

***Entrevista da Márcia Cabrita no Programa do Jô***

"A entrevista da Márcia Cabrita no Programa do Jô,resume bem o sentimento das pessoas que passaram ou estão passando pelo tratamento do Câncer."

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Como não encher o saco de alguém que está com câncer
Acho que de uma vez por todas merecemos não ouvir mais:
- "Aquela doença"
- "A cura está na cabeça"
- "Vc deixou a doença entrar"
- "Câncer é tristeza"
- "Câncer é carma"
- "Somente o amor aos filhos, a alegria de viver, a fé e o pensamento positivo podem salvar"
- "Fulano perdeu a batalha contra o câncer"
- "Conheço alguém que se curou de câncer em estado terminal só tomando essa erva milagrosa"
- "Todos os efeitos colaterais são "o de menos"

O que merecemos ouvir:
- "Posso te ajudar?"
- "Rezo por vc e sei que vai ficar boa"
- "A medicina evolui a cada dia."
- "Isso vai passar"
- "Ficar careca é ruim sim, comprei um lenço lindo pra vc, quer esperimentar?"
- "Só liguei para vc saber que estou pensando em vc"
- "Eu te amo"
Se vc for muito rico:
- "Posso pagar a cirurgia'
Se vc for médio rico:
- "Posso pagar próxima consulta"
Se vc for pobre:
- "Trouxe esse pirulito"
(Trecho do blog 'Força na Peruca' de Márcia Cabrita)
"Eu fiquei gravemente doente. Ao contrário do que muitos fantasiam, não tirei de letra. Não sei o porquê, mas existe uma idéia estapafúrdia de que quem está com câncer tem que, pelo menos parecer herói. Nãnanina não! Quem recebe uma notícia dessas não consegue ter pensamentos belos. Bem... eu não conseguia. A cobrança de positividade acabou se tornando um problema. Me olhava no espelho branca, magrela e de cabelos curtinhos (antes de caírem) e me achava pronta para fazer figuração na Lista de Shindler. Achava que não tinha chance de sobreviver à cirurgia, só pessoas que não tinham maus pensamentos sobreviviam. Muitas vezes deixei de comprar coisas para mim porque tinha que deixar tudo para minha filha. Bem, se na minha cabeça era esse o pensamento que reinava ... Sem chance.
O mundo moderno é incrível. Tudo é maravilhoso, não existe sofrimento! As separações são sempre amigáveis e sem lágrimas, as mães não tem mais o direito de embarangar e ficar em casa lambendo a cria. Um mês depois estão lindas, magras, com barriga sarada! Os atores não ficam desempregados, estão sempre felizes com um convite que ainda não pode ser revelado! Quimioterapia é moleza! Vem cá, só eu que não moro na Disney?
Hoje percebo que precisei viver esse luto. Ele passou, apesar do medo fui confiante para o hospital. Mas outras angústias vieram. Sofri pelo que é “o de menos”, chorei pelos cabelos, pelas sobrancelhas, pelos cílios e pelo ... resto que vocês sabem. Chorei pelas dores , enjôos, injeções e tudo mais. Eu me dei esse direito. Eu me dei o direito de ser humana. A Mulher Maravilha mora na televisão, eu moro na Gávea mesmo. A Mulher Maravilha dá aquela giro e sai linda e poderosa correndo para salvar pessoas. Se eu fizesse a mesma coisa cairia estabacada com a careca no chão. Então meu giro foi bem devagarzinho segurando na mão de minha mãe, de minha irmã e de meus queridos amigos e familiares. Girei amparada por dr Eduardo Bandeira, por Virginia Portas, dr Celso Portela e todos enfermeiros e profissionais de medicina que foram simplesmente maravilhosos comigo. Girei rindo e chorando com centenas de comentários no meu blog onde eu virei praticamente uma conselheira oncológica. Girei brincando com minha filha que fez questão de ir para escola de lenço na cabeça “igual a mamãe porque é muito legal”. Girei para salvar a mim mesma.
Sinceramente, não acredito em uma seleção divina. Muitas pessoas bacanas e crianças morrem e isso não é nem um pouquinho justo. Acho um saco quando dizem “ Fulano perdeu a batalha contra o câncer” , “Fulana tem tanta vontade e alegria de viver que foi salva”ou “ O amor por meus filhos me salvou”. Me parece tremendamente injusto. Quer dizer que quem morre não amava a vida? O amor pelos filhos não era grande o suficiente? A fé foi pouca? Pensamento bem cruel, não é mesmo? E é uma coisa bem esquisita, isso só acontece com o câncer, a única doença tão estigmatizada. Ninguém diz que alguém perdeu a batalha para o enfarte, nem que amava tanto a vida que ficou bom da tuberculose.
Re-mis-são. Estou em remissão. Quem não apresenta mais sinais da doença pelo corpo não pode sair correndo gritando que está curada, então saio correndo e gritando que estou em remissão!!! Eba! Remissão é muito bom!!
Vi uma foto minha na internet com meus companheiros de Subversões Aloísio e Salem em que estou com um largo sorriso. Eu estava verdadeiramente feliz. Sem a pílula da felicidade, sem fingir meus sentimentos, sem bancar a maravilhosa. Era eu simplesmente feliz.
E agora ... chega desse assunto! Eu sou atriz e tô mais preocupada com o um convite que não pode ser revelado."


(Trecho do Blog 'Força na Peruca' de Márcia Cabrita.)

domingo, 19 de junho de 2011

A quem interessar possa




"Há tempos estou pra lhe falar algumas coisas. Tudo tem ficado muito confuso, cada vez mais sinto que você me alcança menos e acho que esclarecer algumas coisas pode ajudar. Você diz que me ama, mas talvez esteja enganado. O amor compreende, e o amor só ama de verdade aquilo que o completa. Talvez você ame quem você é quando estou por perto. Talvez você ame apenas a idéia que tem de mim, e isso não sou eu. Isso é você querendo que eu caiba nos seus anseios, nos seus desejos. Vê? Isso é você amando a si mesmo. Essa é a soma das suas perspectivas, que muitas vezes não condiz com o real. Nesse caso, não tendo eu outra alternativa além de ser o que eu sou, a você restam duas opções: me ame, ou me deixe. Me queira com tudo o que eu tenho de bom e de ruim, com todas as idiossincrasias e as pequeninas coisas que muitas vezes você nem considera correto. Entenda que eu não escolhi e nem tenho culpa de ser cavalo selvagem: o fato de você conseguir cavalgar comigo depende unicamente da sua destreza. Entenda que eu sou como um gato, variável , inconstante, mas sempre honesto: uma vez que se sabe lidar com ele é garantia de carinho e apego eterno. Caso contrário, arranhões e comportamento arredio são inevitáveis. Caso contrário, se prepare pra me ver fugir ou te ignorar. Quem quer conviver com bichos selvagens deve estar preparado para as intempéries. No mínimo existe a garantia de surpresa e nenhuma previsibilidade, nunca se sabe o que pode acontecer. Pra uns isso pode parecer desesperador, para outros é apenas imensamente emocionante. É sempre seu direito botar na balança e decidir se quer viver assim na corda bamba, numa aventura sem roteiro pré-estabelecido. Mas se me quer por perto, deixa-me ser. Não me tome por pretensiosa por falar desse jeito sobre mim mesma. É apenas uma tentativa de que eu e você descubramos se existe realmente algum laço real, ou se ele é feito de filó. Decifra-me, ou te devoro. Sem dó nem piedade."



Pitty

***VOLTEI***

"Oi,pessoal,tudo bem?Depois de três meses de afastamento,voltei!Tava afastada do blog,porque o meu computador pifou e por falta de grana,tive que esperar a ação de uma boa alma para me ajudar,e essa boa alma foi o meu namorado,que me deu de presente,o meu computador de dia dos namorados,então voltei!

A minha última postagem foi falando que a minha mãe tinha que fazer a quimioterapia no ICESP e estava a espera de uma vaga.Então,ela conseguiu a vaga e passou no médico no dia 31 de março,com o doutor Marcelo,não gostei muito dele,achei ele muito frio,não sei,acho que estou muito acostumada com a doutora Adriana,mastologista do AME,ela é super animada,super simpática,maravilhosa!Então,qualquer médico se torna frio perto dela.
Ela teve que refazer tomografias e fazer exames de sangue,para começar a quimioterapia no dia 04 de abril,sinceramente,foi um alívio,já não aguentava mais ver que o tratamento dela não caminhava para lugar algum,só exames,cirurgia,internação e nada de começar logo a guerra contra essa doença.
Agora,ela já fez quatro sessões de quimioterapia,de vinte e um e vinte um dias,ela vai terminar o primeiro ciclo de seis quimios e vai começar tuuuuuudo de novo a etapa dos exames para ver como tá reagindo a doença.Tô começando a ficar nervosa,na expectativa dos resultados dos exames,cada exame que ela faz é como se fosse o primeiro.
Graças a Deus,até agora,ela teve muito pouco efeito colateral,caiu todo o cabelo,vomita um pouco,a comida fica sem gosto,mas ela tá conseguindo se alimentar,tá tomando um remédio todos os dias para evitar enjôos.Não é uma situação nada fácil,mas diante de alguns casos que eu vejo no ICESP e vendo a situação da minha mãe,tenho muito que louvar a Deus.Continuo não gostando muito do oncologista da minha mãe,mas acho que ele tá tentando ser mais simpático,oro todos os dias por ele,para que ele seja um instrumento nas mãos de Deus e estou na espera do meu MILAGRE que vai curar a minha mãe."
Fiquem com Deus e ouçam essa música.É Deus falando com você,bjs.









sábado, 12 de março de 2011

"Ontem,minha mãe e eu fomos na mastologista,e ficou decidido que a minha mãe vai começar a fazer a quimio e depois a cirurgia.Ela vai fazer a quimioterapia e a radioterapia no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo no HC,agora tem que esperar eles retornarem para marcar a consulta no Instituto.Quero agradecer os médicos que estão cuidando da minha mãe,a doutora Adriana (mastologista),doutor Roberto (pneumologista) e a assistente social,a Thaís que tá fazendo de tudo para conseguir uma vaga no Instituto,muito obrigada,vocês estão sendo verdadeiros Instrumentos nas mãos de Deus.
Obrigada,Senhor!"

terça-feira, 8 de março de 2011

***Mais Uma Etapa***

"Lembram que no último post,havia escrito que não tinha previsão da minha mãe fazer a Pleurodese Química no Hospital das Clínicas?Então,graças a Deus no sábado (26/02) ligaram aqui pra casa,dizendo que ela deveria ir para o INCOR, para ser internada para fazer o procedimento.Ela ficou internda do dia 27 de fevereiro até o dia o 05 de março,teve que fazer a drenagem no pulmão,para a retirada de todo o líquido e aí iria fazer a Pleurodese Química,foi feito isso para evitar que formasse mais líquido no pulmão.
Foi uma semana bem cansativa,porque todos os dias eu ia visitá-la no hospital,mas o momento mais dificil era ficar em casa sem a minha mãe,nunca fiquei uma semana longe dela,e ainda era dificil ver que ela tava desesperada para voltar pra casa,mas tudo era para o bem dela.A minha mãe foi super bem cuidada pelos médicos e enfermeiros do INCOR,nem parecia que ela estava num hospital público.
Graças a Deus,deu tudo certo.Agora dia 11 de março,ela vai voltar na mastologista e vamos saber o que vai ser feito,se vai ser a cirurgia ou se vai começar a quimio.
Obrigada,Senhor..."

sábado, 19 de fevereiro de 2011

"Infelizmente,o resultado da Biópsia foi positivo para o câncer na região pleural,por conta disso,ela vai ter que fazer uma pequena cirurgia para ser aplicado um tipo de talco para o pulmão parar de produzir esse líquido.Esse procedimento não tem data para acontecer,Hospital Público é assim mesmo,mesmo se tratando do Hospital das Clínicas de São Paulo,enquanto isso ela vai voltar com o pneumologista na quinta-feira no Ame Heliopólis,para levar o resultado e saber o procedimento que ele vai adotar,se vai liberá-la para a cirurgia de mastectomia ou se vai começar logo a quimio.Não vejo a hora de realmente começar o tratamento,tô cansada de tantos exames e nada se definir...
Dia 15 de fevereiro foi aniversário da minha mãe,apesar de todas as lutas temos muito que agradecer a Deus,agradecer pelos 54 anos de vida,agradecer pela dádiva de ser filha dela,realmente sou muito abençoada,te amo muito mãezinha...
Cada vez mais vejo a mão de Deus nas nossas vidas,mesmo com esse novo problema,sinto Deus ao meu lado e quando penso que vou cair,sinto Deus me erguendo e me carregando nos Braços,tem uma música que tem tocado o meu coração e sinto que Deus fala comigo,ela se chama ANDANDO SOBRE AS ÁGUAS,é do grupo Renascer Praise,não sou muito fã do grupo,mas comprei o cd mesmo assim,só por causa dessa música e realmente sinto o Braço Forte do Meu Senhor me Levantando.
Fiquem com Deus,bjs."


quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

"Como eu havia dito,a minha mãe fez uma tomografia do tórax e foi constatado um derrame pleural.Na semana passada ela fez uma punção no pulmão,para identificar o que pode estar causando esse problema,mas no momento que você descobre um câncer,qualquer exame se torna tão doloroso,a gente fica tão angustiado.
Ela fez a punção no Hospital das Clínicas,aqui de São Paulo.Os médicos são tão atenciosos e lindos,me sinto como se estivesse num seriado americano...rsrsrsrsrsrssrs A gente tem rir um pouquinho,se não a situação fica insuportável.
A minha mãe vai receber o resultado da biópsia no dia 17 de fevereiro,tá nas mãos de Deus,Ele que tem nos sustentado e vai continuar nos sustentando."


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

***Bom Dia,Boa Tarde,Boa Noite-EU PRECISO DE VOCÊ***

"Quando você se levantou pela manhã,Eu já havia preparado o Sol para aquecer o seu dia,e o alimento para a sua nutrição.Sim,Eu providenciei tudo isso enquanto vigiava seu sono,sua família e sua casa.
Esperei pelo seu 'BOM DIA',mas você se esqueceu.Bem,você parecia ter tanta pressa que EU PERDOEI.
O Sol apareceu,as flores ofereceram seu perfume,a brisa da manhã lhe acompanhou e você nem se lembrou que EU é que lhe havia preparado tudo para você.Seus familiares sorriram,seus colegas lhe saudaram,você trabalhou,viajou,realizou negócios,alcançou vitórias,mas você nem percebeu que EU estava cooperando com você e mais teria ajudado,se você Me tivesse dado a chance...Eu sei,você corre tanto...EU PERDOEI.
Você leu bastante,ouviu muita coisa,viu mais ainda,e não teve tempo de ler ou ouvir Minha Palavra.EU queria falar,mas você não parou para ouvir a Minha Palavra.
EU quis até lhe aconselhar,mas você nem pensou nessa posibilidade.Seus olhos,seus pensamentos,seus lábios seriam melhores.O mal seria menor em sua vida.A chuva que caiu a tarde,foram as Minhas lágrimas por sua ingratidão,mas foram também as Minhas Bênçãos sobre a Terra,para que não lhe falte pão e água.Findou o seu dia.
Você voltou para casa,mandei que a Lua e as Estrelas tornassem a noite mais bonita para lembrar-lhe do Meu Amor por você.Certamente agora você vai dizer 'OBRIGADO' e uma 'BOA NOITE'...Psiu!Está me ouvindo?Já dormiu.Que pena!'BOA NOITE'.Durma bem,que Eu fico velando por você."
                                                         
                                                                                                              JESUS

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Minha Mãe Lutando Contra o Câncer de Mama


"Desde o dia que criei o blog,só coloquei textos de outras pessoas que eu achava interessante.Mas agora estou passando por um momento muito dificil na minha vida,e vendo outros blogs de pessoas que estão passando pelo mesmo problema e elas tem uma coragem e uma força tão grande,que decidi me abrir e compartilhar um pouco do que estou passando.MINHA MÃE TEM CÂNCER DE MAMA!!!

No dia 13 de maio de 2010,meu pai pegou o resultado da mamografia da minha mãe e deixou em cima da mesa,eu sempre fui muito curiosa,todos os exames médicos eu sempre abria pra saber o resultado,e neste dia não foi diferente,abri,e qual não foi a minha surpresa,tinha um nódulo de 3cm e era necessário fazer uma biópsia para descobrir o que era:benigno ou maligno.Parecia que o chão havia se abrido debaixo dos meus pés,mas de repente eu olhei pro quadro do Sagrado Coração de Jesus que eu tenho na sala,e comecei a falar que a minha mãe não iria morrer e que Ele iria curá-la.Fiquei na dúvida se contava ou não o resultado,mas a minha mãe me conhecendo como a palma da mão dela,logo percebeu que eu não estava bem e perguntou sobre o resultado do exame,então disse a verdade.Falei pra ela que qual que fosse o resultado seríamos nós três contra essa doença,seria ela,Deus e eu.

Como todo mundo sabe a saúde pública neste país é precária e a minha mãe levou quatro meses para ser encaminhada para a mastologista no AME de Heliópolis.No AME,no mesmo dia ela fez uma nova mamografia e uma nova biópsia e alguns exames preparatórios,caso desse Câncer, para fazer uma cirurgia o mais rápido possível.Infelizmente,deu positivo e a minha mãe teve que fazer a cirurgia.A cirurgia foi feita no dia 20 de outubro e foi tudo bem,se não fosse por um pequeno detalhe que descobrimos quatro dias depois da cirurgia.Quando a minha mãe foi na consulta de retorno para ver como estava a recuperação e para verificar o dreno,o médico que lhe fez a operação,contou que foi tirado um tumor de 3cm e outro de 4cm,e por esse motivo,ela teria que retirar toda a mama,detalhe:minha mãe nunca sentiu nenhum desses nódulos.

Minha mãe teve que fazer uma tomografia no pulmão e o resultado foi um pouco preocupante,por isso os médicos querem investigar o que ela tem no pulmão e logo em seguida operá-la ou começar a fazer a quimio.

Não é um momento nada fácil,mas eu sinto tão forte a presença de Deus na vida da minha mãe,que raramente eu penso no pior,mas é um baque,eu sempre vi a minha mãe tão forte,me ajudando em tudo e hoje eu percebo nela uma fragilidade tão grande,querendo colo,querendo atenção,tão carente,a gente acorda e ver que nada é eterno.Essa doença tem me ensinado tanto."