domingo, 2 de outubro de 2011

***Um Ano***

"Nossa,como tudo está passando tão rápido,nem parece que hoje (01/10),tá fazendo um ano que a gente ficou sabendo o resultado da segunda mamografia da minha mãe,parecia que um buraco havia sido aberto naquele consultório médico,só sei que na hora a minha mãe paralisou,a médica falava que ela tinha que fazer a cirurgia o mais rápido possível e a minha mãe sem ação,tive que tomar as rédeas da situação,a médica marcou a cirurgia para o dia 20 de outubro.Só Deus sabe o quanto eu estava assustada com aquela situação,nunca havia visto a minha mãe tão frágil,a minha mãe não estava chorando,mas eu sabia o quanto ela estava despedaçada por dentro,a minha mãe nunca foi uma pessoa fraca,já passou por tantas coisas na vida e sempre teve que cuidar de outras pessoas,então ela nunca soube lidar com os momentos de fraquezas dela.Ela sempre colocou outras pessoas na frente dela...Quando ela perdeu a mãe aos doze anos,ela colocou os três irmãos menores na frente,depois quando eu nasci foi a vez de me colocar na frente dos sentimentos dela,só para você ter uma ideia,a minha mãe nunca comprava uma bolacha recheada pra ela,ela nunca tomava os meus iogurte,falava que eram só meus...
Quando veio a doença,ela viu que ela era um ser humano como qualquer outro que precisa de colo,eu que sempre pedia colo para a minha mãe,aprendi que naquele momento quem estava precisando de ajuda era ela,e como Deus me sustentou para que eu pudesse ser sustento na vida da minha mãe,só Ele sabe o quanto foi dificil eu esconder os meus medos,nunca havia lidado com a morte tão de perto,nesse período de exames da minha mãe,três pessoas próximas haviam perdido a mãe por causa do câncer,então pra minha cabeça era muito dificil,a pessoa que eu mais amava estava doente,a minha amiga,mãe,o meu tudo estava doente,era como se eu sentisse a morte fungando no meu pescoço...
Já se passou um ano,tantas coisas mudaram,não só fisicamente,como o fato da minha mãe está sem cabelo,ter tirado uma parte da mama e ter emagrecido,mas principalmente dentro da gente,se nós duas já éramos amigas,isso se multiplicou,não tem nem como denominar a nossa relação,eu costumo falar que se realmente existe alma gêmea,a minha não é um homem é a minha mãe,a gente se entende por um olhar,como eu amo essa mulher...
Agora,ela é uma pessoa que se agrada mais,compra bolacha recheada pra ela,compra iogurte,vai no mcDonald's,eu brinco com ela falando que eu criei um monstro...rsrsrsrsrsrsrsrsrs Mas é muito bom ver a minha mãe se valorizando,ver o quanto ela está feliz de ver o cabelo crescendo,são pequenas coisas que no nosso dia-a-dia,a gente acaba achando tão bobas,mas quando você passa por uma escuridão qualquer luz se torna uma bênção...
Neste um ano,foram muitas as provas que eu passei com ela,mas também tiveram muitos milagres,eu só tenho que agradecer muito a Deus,só com Ele que eu conseguiria passar por tudo que eu passei,sei que a guerra não terminou,mas já vencemos uma batalha e com Cristo somos mais que vencedoras!!!"
'Mas,em todas essas coisas,somos mais que vencedores pela virtude dAquele que nos amou.'(Romanos 8,37)

"Essa é minha guerreira,meu anjo chamado Milagre!!!"
"Os que semeiam entre lágrimas,recolherão com alegria.Na ida,caminham chorando,os que levam a semente a espargir.Na volta,virão com alegria,quando trouxerem os seus feixes."(Salmo 125,5-6)

2 comentários:

  1. ADORO LER NOTÍCIAS ASSIM!!!!!!!!!!!
    JÁ VENCEU A BATALHA, E EM NOME DE JESUUS A GUERRA SERÁ VENCIDA TAMBÉM.
    É MUITO BONITO ESSA DECLARAÇÃO DE AMOR QUE VOCÊ FAZ PELA SUA MÃE.
    UMA BOA SEMANA PRA VCS.
    FIQUEM COM DEUS, BJS.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Val,
    Lembre-se que Deus é Deus em todas as situaações e que não existem impossíveis para ele. Creia de todo coração.
    Bjs
    "Mas dize uma palavra, e o meu servo será curado." Lc 7.7b.

    ResponderExcluir